Quem era ela?

Ela sorriu, levando as pontas dos dedos de uma das mãos à boca, como se não quisesse expor o seu sorriso envelhecido. Tinha, na verdade, dentes bem cuidados e, apesar da idade – a que fiquei a imaginar enquanto a observava –, ainda eram os seus. Seu colar parecia de pérolas. Vestido azul-claro. No pulso, um relógio nada moderno, porém com um quê de elegante.

Enquanto caminhávamos, nós quatro, notei que seu andar era contido e charmoso. Em uma das mãos, tinha uma bolsa que parecia de longa data, de longa amizade.

Falávamos em língua estrangeira, e o que acabou de ouvir – de um dos outros dois – causou-lhe o riso. Soou-me fascinante que ainda – depois de tantos anos – se lembrava do próprio idioma, de suas sutilezas, coisas que a memória ainda lhe permita. Que sorte tem ela! pensei.

Apesar de ser a primeira vez que nos víamos, eu tinha a sensação de saber muita coisa a seu respeito. Sabia que morava em plena solidão havia muito tempo – por causa do abandono de uns e da morte de outros -, especialmente durante os anos em que vinha vivendo – a passos lentos – aqui no exterior, numa cidade extremamente grande, onde é fácil sentir-se só e, principalmente, desconhecido.

Entre eles, eu era o recém-chegado, o forasteiro; no entanto, bem-vindo, mesmo que ligeira e circunstancialmente.

Não sabia aonde iria depois disso. Tampouco sabia como tinha chegado ali, uma espécie de calçadão – barulhento – cheio de pessoas que iam e que vinham às pressas, desinteressadas umas pelas outras. Saíam de um prédio antigo e imponente à direita e entravam em outro à esquerda. Sumiam dentro dele.

Ouvi o alarme do celular. Eram quase dezessete horas. Esfreguei os olhos e fui à cozinha tomar água.

Anúncios

4 Comments

  1. Édi, eu vou lendo e me envolvendo com o que escreve. Quem sabe um dia chego lá?
    Amei a cara nova do blog! Tenho andado por aí, apareço e sumo, mas nunca esqueço.
    Quem será essa senhora tão delicada? Ou delicada foi a forma que escreveu? Ainda não sei, mas vale a pena ler mais uma vez ao menos.
    Bjooo ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s